11 Estratégias Para Ajudar a Criança a Aprender Com os Erros



Ajude a criança a conhecer uma das chaves para o sucesso:

saber aprender com os erros


Você quer que seu filho ou filha tenha sucesso? Todos nós queremos! Então precisamos manter uma coisa em mente: as crianças não podem aprender a perseverar ou ter sucesso a menos que elas aprendam a como lidar com o fracasso.


Os erros devem ser vistos com uma chance para começar de novo, e melhor!



O Valor dos Erros


Ajudar as crianças a compreender a importância de aprender com o erro é fundamental para o sucesso delas na vida.


Devemos reservar tempo para garantir que nossos filhos compreendam o valor dos erros. Mudar a perspectiva de seus filhos sobre os erros é um dos maiores presentes de vida que você pode dar a ele.


11 Estratégias Para Ajudar a Criança a Aprender Com o Erro


1. Enfatize Para o Seu Filho que é Normal Cometer Erros e que Ninguém é Perfeito


O primeiro passo para ajudar as crianças a perceber que os erros não têm que ser uma catástrofe é simplesmente dizer: " É normal cometer um erro, é uma forma da gente aprender melhor sobre o que deve e o que não deve fazer.”


Você vai literalmente presenciar o alívio do seu filho em saber que você não espera que ele seja perfeito o tempo todo. Senão, como uma criança pode aprender a ser criativa sob o estresse de não poder errar?


Precisamos dar aos nossos filhos "permissão para falhar". Fazê-los entender que é normal cometer erros e ajudá-los a reconhecer que erros podem ser experiências positivas de aprendizagem.



2. Ajude as Crianças a Entender que Erros Não São uma Fatalidade


As crianças não pensam sobre seus erros racionalmente - elas pensam sobre eles emocionalmente. Os erros fazem as crianças se sentirem estúpidas. E " se sentir estúpido" é apenas isso: um sentimento. Nesse caso específico, é o sentimento de vergonha.


Faça o melhor possível para tirar de seu filho a ideia de que os erros significam falhas vergonhosas. Encontre tempo para ensinar para seu filho uma lição de sucesso:



Os erros não significam falhas vergonhosas, eles são uma possibilidade de começar melhor outra vez. É uma lição que ele usará para sempre na vida.


E enfatize novamente e novamente e novamente: "Não se preocupe com o seu erro. Pense em vez disso sobre o que você aprendeu com ele e o que fará diferente na próxima vez. "



3. Ensine a Criança que Ela Deve Ver Seus Erros Como uma Valiosa Ferramenta de Aprendizado


Ressalte com seus filhos a importância do erro como ferramenta de aprendizado. Aprendemos quando erramos. Infelizmente, muitas crianças (e adultos!) nunca aprenderam o valor de cometer erros.


É importante dizer para a criança que as pessoas bem-sucedidas não deixam que os erros as tirem de seu caminho: elas apenas procuram, e encontram, novas rotas para o sucesso.


Ser bem sucedido envolve saber perseverar nos seus esforços e não deixar que os erros te desanimem.


Na verdade, um dos traços mais marcantes das pessoas bem-sucedidas é que elas não se desmotivam com seus erros.Os empreendedores conseguem, apesar de seus erros, usar suas falhas como oportunidades de aprendizagem.


Ressalte para o seu filho: os erros são oportunidades disfarçadas de aprendizagem.


4. Admita Seus Próprios Erros para a Criança, e Diga o que Aprendeu com Eles


Você está ciente de que sua filha ou filho vê você como " o(a) poderoso(a) que tudo sabe” , certo? Obviamente, cometemos erros, mas muitas vezes nós os guardamos para nós mesmos.


Mas acredite: admitir um erro para seu filho pode ser uma das maiores ferramentas de conexão com ele que você vai ter.


Falando abertamente, você ajuda seu filho a reconhecer que o erro acontece com todos. E ele ficará interessado em saber como você lidou com o seu erro.


Seu filho irá admirá-lo ainda mais, não pela sua perfeição, mas pela sua sinceridade e coragem. E ele mesmo ficará muito mais corajoso para tentar coisas novas.


Quando você conversar com o seu filho sobre um erro, não esqueça de dizer o que você aprendeu com ele. Um exemplo simples:


" Eu hoje cheguei atrasado para o trabalho, sabe por que? Porque não conseguia encontrar a chave do carro, demorei vinte minutos procurando. Eu aprendi que eu preciso colocar minhas chaves sempre no mesmo lugar para isso nunca mais acontecer. "


Então, quando seu filho cometer um erro, simplesmente pergunte: "O que você aprendeu dessa vez?"



5. Ajude a Criança a Analisar as Causas do Erro


Existem diferentes tipos de erros. Erros por descuido, erros sistemáticos, e alguns pequenos equívocos.


A causa de um erro pode ter muitas fontes. Não basta que as crianças saibam que cometeram um erro, elas precisam de ajuda para entender claramente a fonte e a causa do erro.


Os erros ocorrem por razões concretas. Se seu filho foi muito mal na prova de história, ele provavelmente não memorizou todos os fatos necessários. Se ele pulou etapas importantes de uma tarefa, é porque ele simplesmente ignorou as instruções.


Ajudar seu filho a analisar a causa do erro, oferecendo apoio, é a melhor maneira de mudar os padrões de pensamento da criança, motivá-la a melhorar e evitar que ela cometa o mesmo erro novamente.



6. Incentive que a Correção de Erros se Torne um Hábito


Ajudar as crianças a procurar as causas do seu erro desenvolve compreensão conceitual, e isso é muito importante. Mas ensinar as crianças a corrigir os seus erros por conta própria tem um impacto muito positivo no desenvolvimento pessoal.


Explique para seu filho que cada vez que ele se der conta de que cometeu um erro, deve fazer tudo ao seu alcance para corrigi-lo da melhor forma possível. E ficar atento para não cometer o mesmo erro novamente.



7. Incentive-os a Assumir a Responsabilidade por Seus Erros e Fale da Importância de Não Culpar os Outros


Quando a criança culpa outra pessoa, ou alguma circunstância, pelo seu erro, ela está se vitimizando. E essa é uma das piores atitudes que ela pode levar para a vida adulta.


Você conhece alguém que se vitimiza o tempo todo? Que não consegue assumir responsabilidade por absolutamente nada que acontece na sua vida?


Se vai mal no trabalho, a culpa é do patrão, e não da sua falta de ambição ou dedicação. Se engordou muito, é a tireoide, e não o fato de comer pão e macarrão sem parar.


É fundamental para a felicidade futura do seu filho que ele aprenda a importância de assumir responsabilidade pessoal pela própria vida e pelos próprios atos.


8. Oriente-os Sobre a Importância de Pedir Desculpas


Explique para seus filhos que quando seus erros ferem alguém, eles precisam pedir desculpas.


Surpreendentemente, uma pesquisa do Departamento de Psicologia de Harvard mostra que muitas crianças não pedem desculpas simplesmente porque elas não sabem que isso é importante.


Uma criança precisa entender que um pedido de desculpas é importante quando você vê que algo que você fez ou disse realmente fez mal a outra pessoa. Eles precisam entender que, dizendo "Desculpe", a pessoa vai saber que você vai tentar realmente nunca fazer novamente.


Também é importante que a criança entenda que, ao se desculpar, ela estará ajudando a minimizar a dor que outra pessoa está sentindo.


9. Ajudando a Criança a Superar Erros, Você Estará Ajudando-a a Melhorar sua Motivação e Autoestima


Uma criança que consegue corrigir algo incorreto experimenta um sucesso pessoal. Ela vivencia diretamente o sentimento de que seu esforço valeu a pena.


Essa experiência de sucesso leva a criança a ser mais persistente e a se esforçar mais ainda no futuro para alcançar um objetivo, porque ela sabe e acredita que pode alcançar sua meta.


Essa é uma poderosa forma de transformar o erro em motivação e auto estima.


10. Mostre Aceitação e Apoio


Sempre que a criança cometer um erro, mostre seu apoio com palavras e com reações não-verbais.


A maneira mais rápida de ajudar nossos filhos a apagar a idéia de que os erros são fatais é fazê-los sentir que aceitamos e compreendemos os seus erros, e ajudá-los a pensar em como agir para que isso não aconteça novamente.


E lembre-o que seu amor é incondicional, independentemente de seus erros ou acertos.



11. Elogie a Criança por sua Capacidade de Admitir seus Erros e por seus Esforços e Coragem para Superá-los


O seu apoio e o seu reconhecimento são a maior fonte de motivação para crianças e jovens.


Esteja sempre por perto, deixe claro para a criança que você está prestando muita atenção nela sim, e que você sente muito orgulho de vê-la se empenhando no próprio amadurecimento e desenvolvimento pessoal.


Como vocês puderam ver, a ironia é que as decepções podem ser realmente benéficas para as crianças!


Aprender a lidar com os erros ajuda a desenvolver as características-chave que elas precisam para ter sucesso, tais como habilidades de resiliência emocional, pensamento criativo e resolução de problemas.


O pulo do gato é sabermos ajudar nossos filhos a ver o fracasso como uma oportunidade para ele dizer: "Eu posso lidar com isso, eu sou forte!" Essa é a ciência emocional por trás dos erros. Um grande abraço!


Quem nunca cometeu um erro nunca tentou nada de novo.

~ Albert Einstein


#FORÇAMENTAL

COPYRIGHT © IASEA.  TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Este material está protegido pela Lei 9.610 de Direitos Autorais. A reprodução desse conteúdo em sites, blogs, jornais ou qualquer veículo de distribuição e mídia só poderá ser feita mediante prévia autorização do IASEA.