Como Desenvolver o Pensamento Positivo nas Crianças



Todos nós ouvimos falar sobre os benefícios do pensamento positivo. Sem dúvida nenhuma, quando encorajamos nossos filhos a ter uma abordagem otimista da vida, damos a eles a chave para uma vida mais saudável, mais feliz e produtiva.


Embora a genética influencie no temperamento e na atitude da criança, tanto a neurociência quanto a psicologia positiva demonstram que podemos ajudar a criança a treinar o próprio cérebro para ser mais positivo. Incrível, não é mesmo?


Em outras palavras, é possível ensinar para a criança estratégias que vão ajudá-la a assimilar o lado positivo de tudo com mais frequência. E quanto mais ela exercita essa habilidade, mais treinado seu cérebro fica, para utilizar a pensamento positivo nas atitudes e análises da própria vida.


Crianças positivas se tornam adultos mais realizados e, como educadores, podemos desempenhar um papel significativo na formação da mentalidade das crianças. É fato que a atitude otimista estimula a ação positiva.



Características das Crianças que Alimentam o Pensamento Negativo


Existem alguns padrões de comportamento que podem nos ajudar a identificar uma criança com a mente tomada pelo pensamento negativo:

  • Ela subestima seus pontos fortes e é excessivamente autocrítica ou perfeccionista

  • Espera o pior em qualquer situação e desiste rapidamente diante da frustração

  • Tem muito medo de tentar coisas novas, porque não quer se arriscar a errar

  • Vê problemas e falhas em cada nova situação, em vez das possibilidades ou do potencial positivo

Abaixo você encontrará as principais orientações para ajudar a criança a silenciar os pensamentos negativos e substitui-los por pensamentos positivos.


Essas são importantes dicas para ajudar você a fazer seu filho ou filha pensar de forma positiva e agir de forma otimista - mesmo na cultura pessimista dos dias atuais.



15 Estratégias Para Ajudar a Desenvolver e Fortalecer o Pensamento Positivo nas Crianças



1. Ensine a Criança a Praticar a Observação e Substituição do Pensamento


Incentive seu filho a policiar os pensamentos de "coisas ruins". Diga que ele deve agir como um verdadeiro detetive do pensamento! Ajude seu filho a aprender a detectar o próprio monólogo interno negativo.


Explique para ele que a única forma de tranquilizar a mente é aprendendo a detectar o pensamento ruim. A partir daí ele deve focar toda sua atenção para substituir o pensamento ruim por outros pensamentos que tragam bons sentimentos.


Também fique atento para a conversa negativa de seu filho. As crianças muitas vezes expressam em voz alta os pensamentos negativos que elas constantemente repetem em silêncio para si mesmas. Fique atento e ajude-as no processo de substituição.


Por exemplo, se seu filho disser algo como "Eu sou muito ruim em matemática! Eu nunca vou passar na prova... ", ajude-o a substituir essa declaração negativa por outro padrão de pensamento, como:


"Eu posso estar tendo dificuldades em entender matemática, mas vou continuar tentando e vou pedir mais ajuda para meu professor, meus amigos, e eu vou conseguir! "


Ajude a criança a seguir esse modelo de substituição para qualquer caso. Dessa forma ele vai começar a valorizar seu novo habito de exercitar o pensamento positivo.



2. Reverta as explicações negativas da criança em relação aos problemas do dia a dia


Mesmo para as pessoas mais otimistas, é claro que as coisas nem sempre saem bem. Mas o que importa mesmo nem é a situação indesejável, é como nós lidamos com ela.


Ajude a criança a passar de avaliações pessoais negativas, que são contraprodutivas, para avaliações focadas em soluções, que são produtivas.


Por exemplo: "Eu me dei mal no teste porque eu sou burra e eu nunca vou ser boa em português" é uma declaração negativa.


Mas "Eu me dei mal porque eu não entendi bem a matéria e preciso estudar mais" permite o enfrentamento ativo.


Para ajudar o seu filho a fazer a mudança, faça perguntas orientadoras, como "Que outras razões e soluções você pode encontrar?" e "O que você acha que pode fazer diferente na próxima vez?"



3. Dê o Exemplo da Expectativa Otimista


De vez em quando converse com o seu filho durante o café, ou no caminho para escola, sobre o que vai acontecer no seu dia. Talvez você tenha uma reunião importante ou vá começar alguma atividade nova.


Compartilhe sua excitação e seu pensamento positivo com seu filho. Diga: "Eu terei a chance de apresentar minhas ideias" ou "Talvez eu faça um novo amigo".


Não tenha medo de mencionar eventos que o preocupam, mas concentre-se em demonstrar soluções potenciais ao invés de medo ou nervosismo. Incentive seu filho a manter o mesmo tipo de conversa com você.



4. Lembre a Criança Que Ter o Pensamento Positivo, ou o Pensamento Negativo, é Uma Questão de Escolha


Ensine seu filho que ficar repetindo pensamentos negativos dentro da cabeça não serve para nada, apenas para deixá-lo infeliz.


Explique bem, e ressalte sempre que possível, que ele tem o poder de escolher o pensamento que quer alimentar.


Pesquisas comprovam que ficar alimentando pensamentos negativos “ treina” o cérebro, e a criança fica com maior tendência a ter pensamentos negativos no futuro.


Assim como pensar repetidamente em coisas ruins abre o caminho do cérebro para pensamentos negativos, o oposto também é válido: você pode treinar seu cérebro para fortalecer as conexões com o positivo.


Para isso, ensine a criança a regularmente:


Observar quando a mente está focada em pensamentos negativos

+

Redirecionar a atenção para algo positivo





5. Incentive Seus Filhos a Conversar Com Você Regularmente Sobre Realizações e Decepções


Quando seu filho tiver alguma decepção, faça com que ele reflita sobre as lições que ele pode tirar da experiência, para evitar que a mesma coisa aconteça no futuro.


Elogie a criança por ela mostrar a maturidade de reconhecer que a decepção pode ser uma ótima ferramenta para o aprendizado.


Da mesma forma, estimule-a regularmente a reconhecer suas realizações, que podem ser pequenas coisas do dia a dia.


O importante é ensiná-la desde cedo a valorizar os resultados positivos dos próprios esforços.



6. O Sucesso do Dia


Todo dia à noite, depois do jantar, peça que seu filho diga qual foi o "Sucesso do Dia”. O sucesso pode ser uma conversa interessante que teve com alguém, uma realização na escola, uma situação em que ele ajudou alguém, algo que ele fez e se sentiu orgulhoso, etc...


O importante aqui é ajudá-lo a se concentrar em realizações em vez das falhas. Quando ajudamos nossos filhos a esperar pelo sucesso, procurar o sucesso e comemorar o sucesso, eles de um certo modo sentem-se mais familiarizados com o sucesso, e ganham mais autoconfiança.


É claro que as crianças precisam aprender com seus erros e fracassos, mas devemos ajudá-los a não se debruçar sobre eles.



7. Forneça a Seus Filhos Muita Afeição


Amamos nossos filhos, mas quantas vezes perdemos a chance de expressar isso devidamente na correria do dia a dia... Use palavras gentis para conversas triviais, abrace, beije, corra atrás, brinque e ria muito com seu filho!



8. Crie Um Ambiente Positivo na Sua Casa


Assista a filmes engraçados com seus filhos, brinque com jogos animados, conte piadas e histórias divertidas!


Todo dia peça a eles para contar uma coisa engraçada que aconteceu na escola ( eles começarão a dar mais atenção a esses eventos).


Explique a seus filhos que apenas sorrir e dar gargalhadas pode ajudar a mudar a química do cérebro e fazer com que eles se sintam relaxados e felizes!



9. Ensine a Criança a Brincar com Jogos Educativos que Fortalecem o Pensamento Positivo

Uma maneira simples e efetiva de conversar com as crianças sobre o pensamento positivo é por meio de jogos e brincadeiras.


Quando estão brincando e se divertindo, as crianças ampliam o poder de assimilação de novos conceitos e ideias.


O jogo educativo é uma ferramenta poderosa para ajudar crianças a ganhar insights sobre os benefícios da atitude positiva. Existem muitos jogos e brincadeiras de pensamento positivo que ajudarão seus filhos a melhorar seus padrões de pensamento sem muito esforço.





10. Para Exercitar o Pensamento Positivo, Ajude a Criança a Criar Frases Positivas com Teor Motivacional


Ajude o seu filho a criar frases que o motive em tempos difíceis. Está com problemas em história? : “ Eu vou melhorar em história, eu vou conseguir tirar uma nota boa em história.”


Estimule o seu filho a repetir as frases escolhidas (conforme cada necessidade) com bastante determinação, acreditando mesmo que vai conseguir! Essa é uma das bases da programação neurolinguística.


Injete algum humor e diga a frase junto com seu filho. Faça isso dançando, indo para escola, ou enquanto ele estiver entrando para o banho. Leve a ideia a sério e ao mesmo tempo brinque com ela, dando leveza a situação.


Vocês vão acabar rindo juntos, e você estará mostrando ao seu filho que está junto com ele para o que der e vier! O claro apoio dos pais aumenta muito os níveis de otimismo e autoconfiança da criança.



11. Ajude a Criança a Tentar Coisas Novas


Experimentar coisas novas, mesmo as mais assustadoras, vai aumentar a autoconfiança da sua filha ou filho, ao mesmo tempo que minimizará o medo do novo e do desconhecido.

Leve seu filho para algum parque que vocês nunca foram antes, dê a ele comida chinesa para o jantar!


Use esses ganchos para conversar com a criança sobre os benefícios de estar aberto para novas experiências. Se a comida estiver deliciosa, ou o novo parque for menos divertido do que o antigo, ajude-a a se concentrar no que ela aprendeu com a experiência do novo.



12. Para Aumentar a Autoconfiança e o Pensamento Positivo da Criança, Reforce a Ideia de Que Ela Pode Aprender Qualquer Coisa Que Quiser


As habilidades das crianças se desenvolvem de forma crescente, desde que estimuladas. Ajude seu filho a aumentar sua habilidade em atividades que ele se interessa.


Você pode, por exemplo, incentivar seu filho que gosta de desenhar a fazer aula de desenho . A meta é ajudar a criança a desenvolver uma capacidade latente.


Quando as crianças sentem que os pais observam e apoiam atividades que elas gostam, isso faz com que a positividade aumente muito nas suas mentes.


Fortaleça no seu filho a ideia de que é muito importante ele descobrir suas áreas de interesse, e reforce a certeza de que ele tem capacidade de aprender a fazer bem qualquer coisa que ele tenha verdadeiro interesse.


E quem sabe o hobby incentivado não vai ajudá-lo na escolha da profissão futura? Vale lembrar que o sucesso na vida é quando descobrimos cedo o que amamos, conseguimos trabalhar com o que amamos, e temos reconhecimento financeiro fazendo o que amamos.



13. Foco na Melhoria Contínua


Os otimistas sabem que melhorar não é um ato, é um processo. Incentive seu filho a entender isso bem. Adote essa abordagem comentando sobre sua melhora contínua, e não apenas o resultado final.


Diga "Hoje você andou de patins melhor do que ontem!" ou "Sua ortografia realmente está melhorando muito desde que você começou a se dedicar a ela".


Utilize esse padrão de elogio para qualquer coisa que o seu filho esteja se dedicando - e melhorando!



14. “Você é o que você pensa."


Essa citação de Buda é extremamente importante para uma criança - aliás, para todos nós!


Quanto mais nos damos conta de que tudo o que pensamos se reflete na nossa própria vida, maior controle passamos a ter sobre nossos pensamentos e nossos desejos.


O pensamento humano tem um poder enorme de criação. Se pensamos que podemos, podemos. Se pensamos que nunca vamos conseguir, nunca vamos conseguir.


Nós criamos nossas vidas a partir do que pensamos. Quanto mais cedo uma criança aprender isso, maior será o benefício desse ensinamento para toda a sua vida.



15. Observe Seus Próprios Pensamentos e Atitudes


Será difícil ensinar o seu filho a ver as coisas a partir de uma perspectiva positiva se você mesmo não consegue fazer isso. Ou pior, se você mesmo é cético em relação ao seu filho:

"Ele é assim mesmo, ele nunca vai aprender a lidar bem com as coisas. Ele nunca vai conseguir."


Se você acha que precisa melhorar a sua própria positividade, use estas estratégias para você mesmo. Você sentirá como isso irá ajudá-lo a ver as coisas com mais clareza, e a se relacionar melhor com o seu filho. Todos ganham, todos irão se beneficiar.


O nome desse trabalho conjunto de desenvolvimento pessoal é Otimismo Interacional - um esforço coletivo de duas pessoas, no caso você e seu filho.


Se você for confiante sobre a capacidade do seu filho de pensar com mais otimismo e positividade, você estará criando as condições que farão com que isso realmente aconteça.


Queridos Pais e Professores,


sabemos que todo processo educativo nos exige paciência e dedicação. Implementar novos hábitos no dia a dia é um pouco difícil no início, e leva algum tempo.


Mas a nossa perseverança em ajudar as crianças a desenvolver uma atitude positiva vai contribuir consideravelmente para o bem-estar emocional delas, e sucesso na vida. Um abraço a todos!


Este material está protegido pela Lei 9.610 de Direitos Autorais. A reprodução desse conteúdo em sites, blogs, jornais ou qualquer veículo de distribuição e mídia só poderá ser feita mediante prévia autorização do IASEA. 

  • White Facebook Icon
icon location.PNG